Planejamento orçamentário

Planejamento orçamentário

Empresas no Brasil

Existe um conceito em economia que diz o seguinte: “Empreender com recursos escassos e necessidades ilimitadas”, este é um bom exemplo para ilustrar alguns limites do gestor brasileiro em relação a seus negócios , sejam limites financeiros, burocráticos, técnicos ou administrativos em relação às necessidades ilimitadas do consumidor. 

Por isso a importância de dedicar um profissional a pensar sobre o planejamento orçamentário, ou até mesmo você, gestor da operação. Com essas informações em mãos, é possível avaliar os limites reais da empresa, considerando a situação atual e uma projeção futura.


A necessidade de planejar 

Um bom planejamento, permite ao gestor o acompanhamento da empresa ao longo do tempo, oferecendo registros que provam a evolução e atualização dos processos já existentes e pode se aplicar a qualquer área de uma empresa, seja desenvolvimento de produto, atendimento, nível de desenvolvimento técnico, entre outros. 

Para empresas que trabalham com produtos, colaboradores e prazos, é importante se atentar a alguns pontos da gestão orçamentária, considerados os mais importantes em análises técnicas ou consultorias, os famosos “cortes de gastos”.

Em sua operação, faça: 

  • Planejamento de vendas; 
  • Deduções das vendas;
  • Cálculo do custo de produção;
  • Cálculo da folha de pagamento e custos de pessoal;
  • Cálculo das despesas operacionais; 
  • Análise da capacidade de investimento;

É importante ter conhecimento dos maiores gastos que sua empresa responde e da sua capacidade de investimento, seja sozinho, com investidores ou cooperações, é imprescindível saber quanto dinheiro está disponível, para evitar previsões com dados falsos ou suposições. 


Análises fundamentais 

O primeiro passo, básico, para estruturar estas análises é acompanhar junto ao seu contador a saúde da sua empresa em termos numéricos, no estudo e acompanhamento constante da Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), Projeção do Fluxo de Caixa E Projeção do Balanço Patrimonial.

Lembrando que nenhuma das considerações anteriores dispensa estes indicadores, tidos como fundamentais para o seu negócio. Sem eles, é impossível ter controle sobre a operação.


Planejamento orçamentário

Planejar o orçamento nada mais é que simular cenários, acompanhar suas mutações e incrementar mudanças ao longo do tempo. Para isso, existem diversas técnicas e vale identificar qual se encaixa melhor ao seu tipo de negócios, são elas: 

  • Estático: Após concluído não é alterado durante toda a sua execução. É elaborado para o próximo período orçamentário (12 meses).
  • Flexível: Permite atualizar as projeções para acompanhar os valores praticados, durante e após o início do período orçamentário.
  • Incremental: Levantamento de dados dos orçamentos anteriores para que sirvam de base para a elaboração de projeções futuras. 
  • Contínua: Revisão mensal, trimestral ou semestral do orçamento em um período de 12 meses.
  • Ajustada: Revisões que identificam mudanças de mercado, estudam e aplicam adequações necessárias ao orçamento.
  • Base zero: Projetar orçamento sem olhar para os dados passados da empresa, desconsiderando as bases históricas e os índices de reajustes.

Personality Contabilidade

Não fique com dúvida, nós da Personality Contabilidade somos especialistas em modelagem de negócio, consultoria financeira e tributária, implantação de ERP e contabilidade para empresas licitantes. 

Temos uma equipe de profissionais excelentes à disposição para atendimento.


Você pode ser interessar por:


Trabalhos citados & Referências

SEBRAE: Acesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
Open chat