Canvas modelo de negócio

Business Model Canvas para criar novos negócios

O planejamento estratégico é parte fundamental para quem quer ter um negócio próprio. Não é raro encontrar empreendedores que são ótimos em suas funções e tem muita dificuldade em administrar uma empresa como um todo.

Um exemplo clássico é o Padeiro que abre uma padaria sozinho e não consegue mais fazer pão, passa o tempo todo focando em resolver assuntos administrativos, fiscais, de marketing e principalmente os financeiros.

O BMC (Business Model Canvas) surgiu para facilitar a vida de empreendedores que estão pensando em abrir um negócio, além de ser uma ferramenta muito poderosa para empresas que já estão consolidadas no mercado e se mantem constantemente atualizadas.

BMC – Canvas de negócio:

É indicado para empresas de todos os portes, em especial, empresas que estão começando por permitir uma visão ampla sobre diversas áreas de atuação e interação seja interna ou externa.

Criada em 2004 a partir de um doutorado e atualizada em2009 o estudo se tornou uma ferramenta mundialmente conhecida no mundo dos negócios, por sistematizar e integrar a execução de uma empresa de forma simples, o ideal é que se use apenas 1 folha de papel para a representação.

Como você pode utilizar:

Existem diversas formas de utilizar os resultados gerados pelo BMC, pode ser uma simples observação para desenvolvimento de soluções criativas, como pode ser usado em situações complexas para análises de mercado e stakeholders.

É interessante para quem está começando e ainda não sabe exatamente como vai ser a organização da empresa como um todo e quais as variações possíveis. Pode ser usado para quem quer ampliar a venda de um produto ou serviço e até mesmo para quem quer investir em uma empresa.

Informações que você vai utilizar:

  • Segmento de clientes
  • Proposta de valor
  • Canais
  • Relacionamento com o cliente
  • Fontes de receitas
  • Recursos
  • Atividades
  • Parcerias
  • Estrutura de custos

Lembrando que você não precisa ter profundo conhecimento sobre todos os tópicos, a ideia do BMC é trazer um novo ponto de vista e muitas vezes mostrar coisas que você não teria visto sem a representação gráfica.

Você pode realizar o preenchimento desse modelo de duas formas, a primeira é sozinho(a) que te permite mais liberdade para criar e delinear estratégias para alcançar o sonho do seu empreendimento, a segunda é em grupo, permitindo novas abordagens de pessoas que estão trabalhando na sua empresa ou são parte da equipe.

O ideal é que sejam feitas as duas etapas, maximizando o ponto de vista sobre o negócio, incluindo não só os seus sonhos, desejos e metas organizacionais, como as de seus colaboradores, permitindo um desenvolvimento conjunto.

Muitas vezes, o sucesso de uma empresa não vem diretamente do produto ou serviço que ela oferece e sim pela sinergia da equipe que consegue entregar um bom resultado, inovar e lidar com problemas em grupo.

Dicas importantes antes de começar:

  1. Escreva muito, faça rascunhos, coloque ideias mirabolantes, sonhos, desejos e tente conectar tudo.
  2. Valide as respostas das partes interessadas, veja se críticas e sugestões fazem sentido e tente modelar para se adequar ao plano.
  3. Não fique preso em padronizações ou achismos, siga um modelo e vá adaptando de acordo com o seu negócio.
  4. Não esqueça que o BMC não é um plano de negócio completo, é algo mais simples, voltado a visualização da situação empresarial, o plano de negócio é o documento oficial que consolida uma empresa.
  5. Use e abuse da internet para ter contato com conteúdo sobre empreendedorismo na área do seu negócio, veja como outas pessoas fazem e não tenha medo de copiar técnicas no primeiro momento, lembre-se que ao longo do tempo você irá criar seus próprios métodos.

Como ler um Business Model Canvas (BMC)

  1. Segmento de clientes = Qual o mercado que você irá atuar.
  2. Proposta de valor = Qual o benefício da sua empresa para o cliente.
  3. Canais = Como sua empresa se comunica com o público e oferece seu benefício.
  4. Relacionamento com o cliente = Como sua empresa se relaciona com o público.
  5. Fontes de receitas = Quais as fontes de receita para os diferentes produtos ou serviço oferecidos.
  6. Recursos = Quais os ativos (recursos) para que a empresa funcione corretamente.
  7. Atividades = O que você deve fazer no dia a dia para que a empresa funcione corretamente.
  8. Parcerias = Os fornecedores e parceiros necessários para que a empresa funcione corretamente.
  9. Estrutura de custos = Quais os custos que sua empresa terá para funcionar.

Modelagem de negócios

Se você está iniciando no empreendedorismo e quer tirar a sua ideia do papel, não deixe de planejar sua contabilidade, a terceirização de serviços financeiros te permite mais tempo para focar naquilo que é realmente importante para você!

Nós da Personality, somos especialistas em contabilidade para empresas na área da construção civil em Londrina e região, micro e pequenas empreiteiras, construtoras, administradoras de obras, engenharias no gral são essenciais para o desenvolvimento regional, invista em um serviço de qualidade.

Entre em contato e agende sua reunião, vai ser ótimo te acompanhar nessa jornada empreendedora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
Open chat